Pensamento
Sustentável

por Ricardo Voltolini

A minha lista de 25 livros imprescindíveis em sustentabilidade

O primeiro artigo da coluna Pensamento Sustentável de 2011, com o título “Para botar em dia a leitura sobre sustentabilidade”, gerou elogios, bons comentários e uma provocação que invariavelmente sucede a publicação de textos sobre livros, mas também filmes e até empresas sustentáveis. Resultado da fixação das pessoas por listas e rankings – que o sociólogo italiano Umberto Eco capturou bem no seu mais recente livro, a Vertigem das Listas -, alguns leitores cobraram deste especialista a indicação de um ranking dos “10 melhores livros” já publicados sobre sustentabilidade.

Tarefa complexa, por três razões. Primeira: sustentabilidade é um campo de conhecimento novo, multidisciplinar e compreende uma infinidade de subtemas e enfoques que, para serem perscrutados em sua totalidade, exigiriam um conhecimento, na maioria dos casos, muito específico em cada uma das diferentes Ciências – Exatas, Biológicas e Humanas. Em segundo lugar: a “audácia” de escolher os “10 melhores” só pode ser cometida, a rigor, por alguém que tenha lido senão todos, a grande maioria dos títulos sobre o tema. Não é o meu caso. Não creio que seja o de ninguém.

Em terceiro: à falta óbvia de indicadores objetivos e universalmente consagrados (maior vendagem não significa necessariamente maior qualidade), o processo de seleção de livros é e sempre será algo subjetivo. Livros diferentes provocam impactos diferentes em diferentes leitores.

Feitas tais ressalvas, e afastada, portanto, a pretensão de parir “a” lista, fico à vontade para eleger os “meus” 25 melhores de sustentabilidade. O leitor certamente terá os dele.

Para essa tarefa, convém recorrer a Waine Visser, professor do programa de Liderança em Sustentabilidade da Universidade de Cambridge, que já se deu ao trabalho de elaborar uma lista. Tem sua coordenação uma obra chamada Top 50 Livros de Sustentabilidade (editora Greenleaf, 2009). A partir de uma pesquisa feita com cerca de três mil líderes, ex-alunos da famosa universidade, Visser levantou os 50 melhores livros (veja lista ao final do artigo), registrando, nesse inusitado compêndio, o que considera o melhor do pensamento já produzido em sustentabilidade. Muitos desses livros já foram publicados no Brasil. A maioria pode ser obtida pela Amazom.com.

Uma segunda lista merece menção. Trata-se daquela em que a WiseEarth recomenda as 25 melhores obras (ver também ao final do artigo). Fundada por Paul Hawken, autor do famoso Ecologia do Comércio, um clássico lembrado com justiça na lista, essa organização global com mais de 20 mil integrantes se propõe a conectar pessoas interessadas na sustentabilidade. É uma comunidade de gente antenada com o tema.

Cruzando as duas listas, a acadêmica e a de especialistas, há seis livros comuns, cinco dos quais figuram no meu ranking pessoal dos “imprescindíveis.” Quatro estão na categoria “clássicos”, pois marcaram época, representando importante avanço no debate sobre as questões ambientais: (1) Do Berço ao Berço, de William McDonough e Michael Braungart; (2) Capitalismo Natural, de Paul Hawken, Amory e Hunter Lovins; (3) Primavera Silenciosa, de Rachel Carson, e ainda (4) A Ecologia do Comércio, de Hawken – este último livro, vale lembrar, influenciou decisivamente Ray Anderson na famosa revolução verde que ele promoveu em sua InterfaceFlor. O quinto título, Colapso, de Jared Diamond, associa a extinção de algumas civilizações com desrespeito aos limites do meio ambiente.

Dos “top 50” da Universidade de Cambridge, incluiria na minha lista seis “clássicos”: (1) Gaia, de James Lovelock; (2) Small is Beautiful, de EF Schumacher; (3) Nosso Futuro Comum, de Gro Bruntland; (4) Desenvolvimento como Liberdade, de Amartya Sen, (5) Banqueiro dos Pobres, de Muhamad Yunus; e (6) Canibais com Garfo e Faca, de John Elkington. E também outras sete obras que considero, cada uma a seu modo particular, provocativas e inspiradoras. São elas: (1) O Relatório Stern, de Nicholas Stern; (2) O Capitalismo na Encruzilhada, de Stuart Hart; (3) O Fim da Pobreza, de Jefrrey Sachs; (4) Riqueza na Base da Pirâmide, de C.K. Prahalad e (5) o inspirador Espírito Ávido, de Charles Handy. Os outros dois, (6) A Corporação, de Joel Bakan, e (7) Uma Verdade Inconveniente, de Al Gore, acabaram transpostos para o cinema, resultando em filmes polêmicos e interessantes.

Dos “top 25” da WiseEarth, tomo de empréstimo três para a minha estante essencial: (1) A Economia Verde, de Joel Makower; (2) A Vantagem da Sustentabilidade, de Bob Willard e (3) Plano B 4.0 – livro que tive a honra de editar no Brasil, em 2011, pela Ideia Sustentável.
Não constam de nenhuma das duas listas, mas certamente não faltariam na minha cesta básica da bibliografia da sustentabilidade, outros quatro títulos: (1) Inteligência Ecológica, de Daniel Goleman; (2) The Natural Step, de Karl-Henrik Robert; (3) A Empresa Sustentável, de Andrew Savitz; (4) Verde que Vale Ouro, de Daniel Easty e Andrew Winston.
Se essa lista servir para provocar o debate sobre livros, já terá cumprido sua função. Listas não devem ser objeto de consenso. Monte você também a sua. E, mais do que isso, comece a ler os livros que vão fazer diferença na sua formação.
Em artigos posteriores, contextualizarei e justificarei algumas das minhas escolhas.

A lista Top 50 de Cambridge

(1) O Banqueiro dos Pobres, Muhammad Yunus (1999)
(2)  Biomimetismo, Janine Benyus (2003)
(3) Blueprint para uma Economia Verde, David Pearce, Markandya Anil e  Edward B. Barbier (1989)
(4) Business as Insólito, Anita Roddick (2005)
(5) Canibais com Garfo e Faca, John Elkington (1999)
(6) Capitalismo: Como se o Mundo Importa, Jonathon Porritt (2005)
(7) O Capitalismo na Encruzilhada,  Stuart Hart (2005)
(8) Mudando o Rumo: uma Perspectiva Empresarial Global sobre Desenvolvimento e Meio Ambiente, Stephan Schmidheiny e o WBCSD (1992)
(9) O Ponto do Caos: o Mundo na Encruzilhada, por Ervin Laszlo (2006)
(10) A Corporação Civil: A Nova Economia da Cidadania Empresarial, Simon Zadek (2001)
(11) Colapso, Jared Diamond (2005)
(12) A Corporação,  Joel Bakan (2005)
(13) Do Berço ao Berço, William McDonough e Michael Braungart  (2002)
(14) O Sonho da Terra, Thomas Berry (1990)
(15) Desenvolvimento como Liberdade, por Amartya Sem (2000)
(16) A Ecologia do Comércio, Paul Hawken (1994)
(17) A Economia das Alterações Climáticas:  o Relatório Stern, Nicholas Stern (2007)
(18) O Fim da Pobreza, Jeffrey Sachs (2005)
(19) Fator Quatro: um Relatório para o Clube de Roma, Ernst VonWeizsäcker, Amory B. Lovins e L.  Hunter Lovins (1998)
(20) O Falso Amanhecer: os Equívocos do Capitalismo Global, John Gray (2002)
(21) Fast Food Nation, Eric Schlosser (2005)
(22) Um Destino Pior que a Dívida: a Crise Financeira Mundial e os Pobres, Susan George (1990)
(23) Para o Bem Comum: o Redirecionamento da Eeconomia para Comunidade, Meio Ambiente e Futuro Sustentável, Herman Daly e John Cobb (1989)
(24) Riqueza na Base da Pirâmide, CK Prahalad (2004)
(26) Gaia, James Lovelock (1979)
(27) A Globalização e os seus Malefícios, Joseph Stiglitz (2002)
(28) Calor: Como Parar a Queima do Planeta, George Monbiot (2006)
(29) Escala de Desenvolvimento Humano: Concepção, Aplicação e as Novas reflexões, Manfred Max-Neef (1991)
(30) O Espírito Ávido, Charles Handy (1999)
(31) Uma Verdade Inconveniente, Al Gore, 2006
(32) Os Limites do Crescimento, Donella H. Meadows, Dennis L. Meadows, Jorgen Randers  (1972)
(33) Maverick, Ricardo Semler (1993)
(34) O Mistério do Capital: Por que o Capitalismo Triunfa no Oeste e Falha em Toda a Parte, Hernando De Soto (2000)
(35) Capitalismo Natural, Paul Hawken, Amory Lovins e L. Hunter Lovins (2000)
(36) Sem Logo, Naomi Klein (2002)
(37) Sociedade Aberta: Reformar o Capitalismo Global, George Soros (2000)
(38) Manual de Operação para Espaçonave Terra, Buckminster Fuller (1969)
(39) Nosso Futuro Comum, pela Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (1987)
(40) The Population Bomb, Paul Ehrlich (1968)
(41) Presença, Peter Senge, Otto Scharmer, Joseph Jaworski e Betty Sue Flowers (2005)
(42) A River Runs Black: O Desafio Ambiental para o Futuro da China, Elizabeth C. Economy (2004)
(43) Sand County Almanac, Aldo Leopold (1949)
(44) Primavera Silenciosa, Rachel Carson (1962)
(45) O Ambientalista Cético, Bjorn Lomborg (2001)
(46) Small is Beautiful, EF Schumacher (1973)
(47) Staying Alive: Mulher, Ecologia e Desenvolvimento, por Vandana Shiva (1989)
(48) The Turning Point, Fritjof Capra (1984)
(49) Unsafe at Any Speed, Ralph Nader (1965)
(50) Quando as Corporações Regem o Mundo, David Korten, 2001

Os Top 25 da WiseEarth

(1)    Biomimetismo, Janine Benyus (2003)
(2)    Confissões de um Industrial Radical, Ray Anderson (2009)
(3)    Do Berço ao Berço, William Mc Donough e Michael Braungart (2002)
(4)    Capitalismo Natural, Paul Hawken, Amory e Hunter Lovins (2000)
(5)    Primavera Silenciosa, Rachel Carson (1962)
(6)    Estratégia para a Sustentabilidade, Adam Werbach (2009)
(7)    A Economia Verde, Joel Makower (2009)
(8)    Indicadores de Sustentabilidade: Medindo o Imensurável?, Simon Bell e Stephen Morse (1999)
(9)    Valor Sustentável, Chris Lazlo (2008)
(10)    A Ecologia do Comércio, Paul Hawken (1994)
(11)    O Fim da Natureza, Bill McKibben (1989)
(12)    O Colar da Economia Verde, Van Jones (2008)
(13)    The Natural Step for Business, Brian Nattrass e Mary Altomare (1999)
(14)    A vantagem da Sustentabilidade, Bob Willard (2002)
(15)    Tripple Bottom Line, de Andrew Savitz e Karl Weber (2006)
(16)    A verdade sobre o Green Business, Gil Friend, Nicholas Kordesch e Benjamin Privitt (2009)
(17)    Walking the Talk, Chad Holliday, Stephan Schimidheinny e Philip Watts (2002)
(18)    Capitalismo: Como se o Mundo Importa, Jonathon Porrit (2005)
(19)    Colapso, Jared Diamond (2005)
(20)    Criando um Negócio Social, Muhammad Yunus (2009)
(21)    Prosperidade sem Crescimento, Tim Jackson (2009)
(22)    O Zeedbook: Soluções para um Mundo Cada Vez Menor, Dunster, Simmons & Gilbert (2007)
(23)    Plenitude: a Nova Economia da Verdadeira Riqueza, Juliet Schor (2010)
(24)    Plano B: 4.0, Lester Brown (2009)
(25)    Permacultura, David Holmgren (2001)

Publicado em Pensamento Sustentável. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

23 respostas a "A minha lista de 25 livros imprescindíveis em sustentabilidade"

  1. mario pecoraro disse:

    parabens pela lista. realmente top

  2. Pingback: Tweets that mention Os 25 livros imprescindíveis em sustentabilidade :: Ideia Sustentável -- Topsy.com

  3. Beatriz M.T. disse:

    Parabéns pelas listas e comentários sobre os “riscos” de se fazer listas …
    Excelentes referências ! Meus alunos da graduação terão suas ref bibliográficas enriquecidas para desenvolverem suas monografias …
    Abraços sustentáveis

  4. Maria das Dores S. R. Castro disse:

    Ricardo Voltolini. Parabéns e obrigado por tão valiosa sugestão. Já selecionei alguns títulos sobre o assunto. Tenho grande interesse de aprofundar meus conhecimentos nessa área.

  5. Pingback: Alô Terra » A minha lista de 25 livros imprescindíveis em sustentabilidade …

  6. Vera de Oliveira Coelho de Souza disse:

    Estavamos precisando de boas sugestões de leitura como estas.
    Parabéns,
    Vera

  7. Jose Luiz Alqueres disse:

    A gente vai e volta e acaba citando as mesmas coisas, como aparece na minha entrevista no seu livro.
    Mas hoje o que mais me toca eh a dimensão ètica da relação homem/ ambiente da sustentabilidade, cujas primeiras referencias nos remetem à Grècia antiga.

  8. admin disse:

    É verdade Alqueres. As obras primas de sempre.
    Aproveito tua mensagem para dizer que o livro Conversas com Líderes Sustentáveis já está em produção. E jpá temos a confirmação de 9 dos presidentes entrevistados para o evento do dia 02 de junho.
    Estou feliz com a adesão. E com a plataforma que vamos lançar de estímulo á formação de liderança em sustentabilidade.
    Obrigado por fazer parte disso. Em breve, te apresentou mais detalhes. Tenho certeza de que vc vai gostar muito.

    Abs

    RV

  9. TANIA disse:

    SUA LISTA SEM DUVIDA NENHUMA É MUITO INTERESSANTE.EU UMA CIDADÃ COMUM COM MBA EM PERICIA, AUDITORIA E GESTAO AMBIENTAL.ME PERCO MEIO A TANTA LITERATURA E SEM SABER QUE RUMO SEGUIR, VISTO QUE O TEMA É MULTIDISCIPLINAR.QUERENDO CONTRIBUIR PRA DIMINUIR O AQUECIMENTO GLOBAL MITIGANDO AS CAUSAS. E ME SINTO TOTALMENTE SEM FORÇAS SEM RUMO PRECISANDO NAO SEI DO QUE EXTAMENTE. GOSTARIA DE UMA LUZ BEM CLARA, MUITO CLARA!!!!!!!

  10. Pingback: A minha lista de 25 livros imprescindíveis em sustentabilidade « Fernando Serafim

  11. Pingback: Dicas da Semana – Pela Internet « Comunidade de Comunicadores de Interesse Público

  12. eduardo pedroso disse:

    caramba! vou passar o resto da minha vida tentando ler essa lista!

  13. Jose Luiz Alqueres disse:

    Ricardo
    Como é que eu não citei o Charles Handy na minha?
    Ainda bem que voce marcou!
    JLAlquéres

  14. Pingback: Melhores livros sobre sustentabilidade « Marina Gonsales

  15. Gustavo Paiva disse:

    Excelentes sugestões (democráticas) de listas de livros imprescindíveis de sustentabilidade. Parabéns pela iniciativa, Ricardo Voltolini!

  16. Ricamar maia disse:

    Vc acaba de muito contribuir para o enriquecimento de minhas aulas sobre ética e responsabilidade social por esse vasto Brasil. Muito grata e continue sua trajetória sempre preocupado com o melhor para o planeta Terra.
    Abs. Ricamar Maia

  17. Eu incluiria:
    “O que é meu, é seu”, de Rachel Botsman e Roo Rogers e “As Pessoas em Primeiro Lugar”, de Amartya Sen e Bernardo Kliksberg.

  18. Maria Rosana Navarro disse:

    Sugiro a leitura do livro:

    SOMOS TODOS IMPORTANTES NOS CAMINHOS DA SUSTENTABILIDADE

    editora: Multifoco

  19. jose stenio disse:

    Bem interessante, mas gostaria de que, na lista, estivessem algumas contribuições de autores (intelectuais de nome na academia nacional e internacional) que tratam o tema na perspectiva das contradições entre a lógica do desenvolvimento sustentável e a lógica da acumulação do capital. Não estou negando a tese do desenvolvimento sustentável, mas é imperativo – diria mesmo urgente e estratégico – viajar na literatura e enxergar que existe UM MURO ALTO entre as duas perspectivas.

  20. Catia Borges disse:

    Ricardo, parabéns pela generosidade de compartilhar seus conhecimentos e pesquisas de leitura. Atitude digna de um pensamento cooperativo. Obrigada.

  21. Pingback: Melhores livros sobre sutentabilidade | Giro Sustentável

  22. Anísio Palma disse:

    Parabéns pela lista, são obras bastante importantes para a compreensão da sustentabilidade. Aqui em Moçambique é muito difícil ter acesso a tais livros e muito menos aos cursos relacionados com ambiente e sustentabilidade. Gostaria de obter mais informações. Sou licenciado em Ensino de Geografia e apaixonado por temas sobre meio ambiente e sustentabilidade.

  23. Cris Meinberg disse:

    Obrigada pelas informações, gostei e seguirei. Abraços! Sucesso sempre!