Inscrições abertas para Pós-Graduação na ECA-USP

As inscrições para o processo seletivo do curso Redes Digitais, Terceiro Setor e Sustentabilidade – Pós-Graduação Lato Sensu 2012 (ECA-USP) – estão abertas e seguem até o dia 09 de dezembro. O objetivo é formar profissionais capazes de planejar, implementar e comunicar práticas ambientais sustentáveis por meio de redes digitais. Ricardo Voltolini, diretor presidente de Ideia Sustentável, será um dos professores.

O processo de formação prevê, além de conteúdo teórico, noções aplicáveis nas áreas empresarial, pública e terceiro setor. A realização do curso se dá em colaboração com o Centro de Pesquisa Ceaq da Sorbonne – Paris V.

Dividido em 3 módulos, o curso tem duração total de 520 horas, abrangendo as três áreas abaixo:

Área de Redes Digitais:

Esta área tem como objetivo fornecer conteúdo teórico sobre as características da comunicação digital, relacionando os seus aspetos inovadores e o seu impacto nas organizações, nas instituições e na gestão do território. Ela pretende destacar, sobretudo, as teorias das redes digitais sociais, proporcionando um conhecimento crítico acerca da criação e gestão dos processos sociais tecnológicos e das práticas colaborativas de intervenção social. Enfim: a área possibilitará aos alunos o desenvolvimento de consciência e de habilidades cognitivas para construir e gerir redes informativas e conteúdos digitais a serviço da cidadania e do meio ambiente.

Área de Terceiro Setor:

Esta segunda área pretende oferecer conteúdo sobre as origens das transformações em ato na sociedade no que diz respeito às novas formas digitais de participação, de opinião pública e de conflitualidade.  O advento de uma tecnologia comunicativa em rede estimulou o incremento da cultura da participação, fazendo com que nos dias de hoje o Brasil seja um dos países com maior número de ONGs / associações sem fins lucrativos atuando nos diversos setores do social. Neste contexto, esta área pretende fornecer interpretações e significados destas mudanças nas quais a sociedade civil experimenta novas formas de participação e onde as organizações e as instituições são obrigadas a repensar continuamente a própria identidade e a própria função. Além de disciplinas históricas e teóricas de ciências políticas e sociologia, esta área oferecerá um conhecimento abrangente dos universos do ativismo brasileiro.

Área de Sustentabilidade:

O objetivo desta área é abordar a sustentabilidade ambiental como parte fundamental do desenvolvimento e do uso das tecnologias em todas as diferentes iniciativas e esferas da sociedade – do empreendedorismo ao ativismo, da relação com o território às formas de geração de recursos materiais – implicando uma revisão e reformulação tanto dos conhecimentos quanto das práticas cotidianas de organizações, empresas, instituições e indivíduos.  Pretende-se capacitar os alunos a formular, refletir e repassar conhecimentos a respeito dos conceitos de desenvolvimento, sustentabilidade, impacto sócio-ambiental, relação entre ser humano e espaço/ambiente, recursos materiais e energéticos, resiliência dos ecossistemas e das sociedades/comunidades em relação aos sistemas naturais que as abastecem (economia sustentável), bem como capacitar os alunos quanto aos indicadores de sustentabilidade e a legislação ambiental vigente.

Para mais informações, acesse o site: www.atopos.usp.br/cursos

Publicado em Online. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*