Braskem divulga seu relatório anual de 2018 com foco em sustentabilidade

Com destaque para a sustentabilidade, a Braskem, que ocupa a posição de sexta maior produtora de resinas plásticas do mundo e líder mundial na produção de biopolímeros, divulgou o seu relatório anual com dados e informações de 2018.

O documento aponta que, desde que passou a adotar a sustentabilidade como parte da estratégia de seu negócio, a empresa tem se desenvolvido economicamente, conquistado mais relevância no mercado e encontrado novas oportunidades de atuação.

A empresa, que é patrocinadora da Plataforma Liderança com Valores desde o ano de 2012, vem se destacando em ações de sustentabilidade. Confira a vídeo-palestra de Jorge Soto, diretor de Sustentabilidade da Braskem, sobre inovação para a sustentabilidade:

Relatório Anual da Braskem

Entre as informações de destaque apresentadas pelo relatório de 2018, estão:

  • – Revisão da Política Global de Desenvolvimento Sustentável: a empresa desenvolveu uma política global de sustentabilidade que estabelece prioridades e critérios para todas as suas áreas, pautando-se em três pilares que deverão ser cada vez mais sustentáveis – operações e serviços, portfólio de produtos e soluções entregues.
  • – Práticas reconhecidas: em 2018, a Braskem foi nomeada, pelo Pacto Global da ONU, como “Empresa Líder”, e, também, foi incluída, pela revista Fortune, na lista “Change the World” como uma das corporações que mais promovem impactos positivos.
  • – Macro-objetivos do Desenvolvimento Sustentável: a Braskem criou 10 macro-objetivos que orientam a sua estratégia de negócio para conclusão em 2020. Esses macro-objetivos estão atrelados aos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Os resultados são acompanhados regularmente pelo Conselho de Administração da companhia. Os 10 macro-objetivos se dividem em Segurança, Resultados Econômicos-Financeiros, Pós-consumo, Desenvolvimento Local, Eficiência Hídrica, Mudança Climática, Desenvolvimento de Soluções, Fortalecimento das Práticas, Recursos Renováveis e Eficiência Energética. O desempenho em cada um deles pode ser verificado na página da Braskem dedicada ao relatório.

 

Economia Circular

Outro ponto que merece destaque no relatório anual da Braskem é seu compromisso em impulsionar a Economia Circular na cadeia de produção do plástico. As discussões referentes à produção e consumo de plástico – e o seu descarte no meio ambiente – tem aumentado na sociedade. A diminuição do consumo de plástico de uso único foi até pauta de reuniões da ONU. Por ter no material o seu principal insumo, a Braskem buscou inovar e lutar junto à sociedade, assumindo sua responsabilidade como produtora e reconhecendo tanto os benefícios do plástico para a sociedade quanto os malefícios que seu descarte incorreto causa ao planeta.

As iniciativas da empresa envolvem desde o investimento em novas resinas de origem renovável até a participação em compromissos setoriais que visam à reutilização, reciclagem e recuperação da totalidade de embalagens plásticas até o ano de 2040.

Outra ação da Braskem está na busca de soluções para acabar com o descarte inadequado de resíduos no meio ambiente, de modo especial nos oceanos. Assim, a companhia se uniu à iniciativa global  “Aliança para o Fim dos Resíduos Plásticos” e ao Fórum Setorial dos Plásticos – Por um Mar Limpo.

A causa de Economia Circular para o Plástico, defendida pela Braskem, foi selecionada para compor a edição de 2019 do Líder 2030 Talks, um dos encontros anuais da Plataforma Liderança com Valores. Na ocasião, Fabiana Quiroga, diretora de Reciclagem e Economia Circular na Braskem, explicou sobre as ações da empresa a favor da sustentabilidade na cadeia produtiva do plástico.

“Nós, como consumidores, precisamos reconhecer a nossa parte o uso e descarte do plástico. Mas a indústria também precisa repensar a forma como produz”, afirma Fabiana.

Saiba mais: Confira quais foram as empresas que se apresentaram no Líder 2030 Talks




Compartilhar:
Tags:

 

twitter

Parceiros