Como envolver os colaboradores na política de sustentabilidade?

Uma empresa sustentável integra todos os seus funcionários, líderes e stakeholders nas suas ações de sustentabilidade. Para isso, é preciso envolver os colaboradores, de modo que sejam sensibilizados a apoiar a política de sustentabilidade da empresa e se mobilizem, tornando-se agentes das práticas sustentáveis da instituição.

mãos unidas de várias pessoas em uma mesa de trabalho

 

4 ações para envolver os colaboradores

Para que o objetivo de envolver os colaboradores seja atingido, indicamos, a seguir, algumas ações. São 4 dicas para que as empresas consigam conscientizar seus funcionários sobre a importância da sustentabilidade e sobre como podem contribuir com a estratégia da corporação.

1. Walk the Talk

Esta expressão, traduzida para o português, significa “fazer o que se fala”. Ou seja, as ações da empresa precisam ser coerentes com aquilo que defende e também cobra de seus funcionários.

Se a empresa não pratica ações que tornem sua gestão de pessoas mais sustentável, não poderá exigir que os colaboradores apoiem suas políticas de sustentabilidade.

Para desenvolver uma gestão de pessoas preocupada com a sustentabilidade empresarial, ela precisa se preocupar com alguns tópicos, entre os quais se destacam:

  • – bem-estar dos funcionários;
  • – saúde e segurança;
  • diversidade e inclusão;
  • – igualdade de gênero;
  • – comunicação positiva;
  • – diálogo aberto e transparente;
  • – salário digno;
  • – recompensas justas.

Leia também: Os 6 princípios das empresas sustentáveis

2. Significado pessoal

Todo colaborador, independente de seu cargo ou atribuição, deve estar ciente da agenda de sustentabilidade da empresa. Além disso, precisa ter consciência sobre sua própria função como agente ativo de ações em sustentabilidade e como suas atitudes impactam essa agenda – ou são impactadas por ela.

É fundamental que os funcionários e líderes compreendam o conceito de sustentabilidade e o que ele significa para a estratégia da empresa. Porém, eles também precisam entender o que tudo isso tem a ver com o seu trabalho e o que a empresa espera dele. A sustentabilidade deve ter um significado pessoal para cada colaborador.

Uma ótima ação para atingir esse objetivo é comunicar ao público interno, de forma clara e objetiva, todos os elementos do Planejamento Estratégico de Sustentabilidade. Todos os colaboradores deverão estar no mesmo nível de entendimento sobre os objetivos, estratégias, ações, metas e indicadores do Plano de Sustentabilidade.

3. Argumentação por benefícios

Os argumentos utilizados pela empresa devem se concentrar nos benefícios da sustentabilidade. No esforço para convencer as pessoas sobre a importância de uma ação, argumentos concretos costumam ser mais persuasivos.

Muitas vezes, ao se buscar conscientizar as pessoas sobre a importância de ações em sustentabilidade, são utilizados exemplos retóricos – como o derretimento das calotas polares e alteração dos ecossistemas marinhos. Apesar de ter sua importância, são distantes da realidade dos colaboradores. Deste modo, o público interno pode não se envolver com a estratégia da empresa, por não enxergar a relação da sustentabilidade com o seu trabalho.

Contando, por exemplo, com um apoio especializado, a empresa poderá fazer um levantamento dos principais impactos socioambientais do negócio, e ilustrar com exemplos de operações cotidianas da empresa. E, ainda, compartilhar o resultado desse estudo com os colaboradores. Além disso, tendências, externalidades, riscos e oportunidades relacionados ao tema e que influenciam no negócio da empresa podem servir como base argumentativa de muito valor.

4. Ótica das partes interessadas

As práticas de gestão de pessoas devem se adaptar para que as decisões de RH considerem uma perspectiva mais ampla das partes interessadas e envolvidas no negócio.

Os colaboradores estão em contato frequente com os diferentes stakeholders da empresa. Assim, se a corporação deseja impactar positivamente os seus públicos de interesse, os colaboradores precisarão compreender tanto a política de sustentabilidade da empresa e seus motivos quanto as estratégias, práticas e ações planejadas. E, mais do que isso, deverão saber como aplicar essa política de sustentabilidade em cada uma de suas ações e interações.

Sustentabilidade para RH

O departamento de RH tem papel fundamental para envolver os colaboradores na política de sustentabilidade da empresa.

Por isso, os gestores de Recursos Humanos precisam estar totalmente integrados com o Planejamento Estratégico de Sustentabilidade. Como forma de orientar esses profissionais, a Plataforma Liderança com Valores publicou o Guia Sustentabilidade para RH: 10 desafios.

O Guia está disponível para download de forma totalmente gratuita. É só clicar na imagem acima.



Quem já contratou




Leve essa ideia para sua empresa: Contate-nos

Compartilhar:
Tags:

 

twitter

Parceiros