Museu Planeta Água será o maior espaço museográfico do Brasil dedicado à questão hídrica

Está sendo desenvolvido, em Curitiba, um espaço exclusivo para o estudo da água. O Museu Planeta Água será o maior espaço museográfico do país dedicado totalmente a esse importante recurso. Interativo, o museu se propõe a adotar uma abordagem multidisciplinar e abrangente, apresentando todos os aspectos relacionados à água e seus usos – científicos, educacionais, históricos, sociais e de saúde. A previsão de inauguração é para o ano de 2020.

Idealizado pela Associação Brasileira do Conhecimento (EGEO) e desenvolvido pela Straub Design, o Museu Planeta Água é patrocinado pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), CTG Brasil e Compagás, além de contar com o apoio do Banco Regional de Desenvolvimento (BRDE).

“Há muitos museus da água no mundo, mas o que me faz crer que essa experiência brasileira será a mais marcante é a ambição e a qualidade do projeto. Os realizadores reuniram, em torno da criação do museu, mentes privilegiadas, entre as quais está Jaime Lerner, um dos urbanistas mais respeitados do mundo”, destaca Ricardo Voltolini, CEO da Ideia Sustentável e membro do conselho consultivo do Museu Planeta Água.

Primeira reunião

A primeira reunião oficial de 2019 aconteceu no dia 21 de fevereiro, no local onde deverá funcionar o museu. Estiveram reunidos representantes das empresas patrocinadoras e os líderes que compõem o novo conselho consultivo, formado por especialistas em Sustentabilidade, Meio Ambiente e Água, incluindo Voltolini.

Durante o encontro, foram discutidos o planejamento e o cronograma de construção do museu, além da metodologia para a execução do projeto.

“Nasce, em Curitiba, o Museu Planeta Água. Educação, conhecimento e consciência sobre a água e seus impactos para a humanidade”, declarou, durante o encontro, José Renato Domingues, vice-presidente corporativo da CTG Brasil.

Conselho Consultivo do Museu Planeta Água em sua primeira reunião oficial. O conselho é integrado por José Renato Domingues (vice-presidente corporativo da CTG Brasil), Júlio Gonchorosky (diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar), Fernando Guedes (diretor adjunto de Meio Ambiente da Sanepar), Karina Muniz Viana (museóloga e doutoranda em Ciência em Museologia e Patrimônio), Marília Borgo (doutora em Engenharia Florestal e Conservação da Natureza e bióloga do instituto The Nature Conservancy – TNC), Massimiliano Lombardo (oficial de Meio Ambiente da representação da UNESCO no Brasil), Salete da Hora (jornalista especialista em Comunicação Corporativa e Sustentabilidade da CTG Brasil) e Ricardo Voltolini (consultor em sustentabilidade empresarial e CEO da Ideia Sustentável).

 

A importância do Museu Planeta Água

A criação de um museu dedicado ao estudo da água ajudará no cumprimento dos ODS instituídos pela ONU, de modo particular com o 6º: “Água Potável e Saneamento – Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas e todos”.

Leia também: Quais são os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

A proposta do Museu Planeta Água é ser um espaço não apenas de exposição e lazer, mas também de educação ambiental e conscientização. O recurso é extremamente essencial para a existência da vida na Terra, e informar, educar, conscientizar e sensibilizar as pessoas sobre a importância da água é a missão do Museu Planeta Água.

Sobre o objetivo do museu de educar a população a respeito da água e de seus usos, Ricardo Voltolini esclarece: “a ambição do projeto é que o Museu Planeta Água tenha um cunho educativo – e que seja um museu vivo, voltado para aproximar especialmente as crianças das questões mais importantes que envolvem o tema água. Particularmente, não tenho dúvidas de que estamos construindo uma iniciativa transformadora”.

Sua criação foi aprovada pelo Ministério da Cultura e, além disso, o Museu Planeta Água poderá ser incorporado à Rede Mundial de Museus de Água – uma iniciativa da UNESCO – devido sua importância para a conscientização.

“Este é um dos objetivos da Sanepar, proporcionar à população um espaço cultural, histórico e informativo, tanto para o Paraná quanto para o Brasil, tornando-se referência internacional. Não vamos poupar esforços para isso”, comenta Júlio Gonchorosky, diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar.

Para saber mais sobre a importância do Museu Planeta Água, leia o nosso artigo com dados importantes sobre a água e informações do novo relatório das Nações Unidas: ONU lança o novo Relatório Mundial sobre água.

A seguir, confira um vídeo produzido pela Straub Design sobre a primeira reunião do conselho consultivo do Museu Planeta Água:

Palestra sobre sustentabilidade

A água é um dos grandes temas da sustentabilidade, devido a sua importância para a vida no Planeta Terra e, também, para toda a cadeia de valor das empresas e instituições.Por estes motivos, ela também precisa ser vista de uma forma estratégica por parte dos empresários e gestores.

Ricardo Voltolini, membro do conselho consultivo do Museu Planeta Água, é um dos principais especialistas brasileiros em sustentabilidade empresarial. Já ministrou mais de mil palestras, que impactaram cerca de 100 mil pessoas.

Para conhecer melhor sobre nossas palestras, basta clicar na imagem acima. Ou, então, entre em contato com um de nossos consultores.



Quem já contratou




Leve essa ideia para sua empresa: Contate-nos

Compartilhar:
Tags:

 

twitter

Parceiros