Como o teatro pode ajudar a discutir diversidade nas empresas

A linguagem utilizada pelo teatro é ideal para abordar temas subjetivos e complexos, como os relacionados à inclusão e diversidade nas empresas. Apesar de ser uma discussão urgente no mundo corporativo, adotar uma política voltada à diversidade requer o entendimento, apoio e envolvimento de todos os colaboradores, desde os operários até os executivos e líderes do alto escalão da empresa.

Os gestores, ao iniciar o processo de implantação da política de diversidade e inclusão, costumam desenvolver certo receio ao discutir essa temática com seus funcionários. E mesmo nas empresas que já adotaram práticas de diversidade e inclusão, há casos de preconceitos, ainda que inconscientes, no cotidiano organizacional. Contudo, os gestores encontram em atividades lúdicas – como o teatro – uma ótima saída para levar esse assunto à todos os colaboradores da empresa e educá-los no tema, de um modo espontâneo e divertido, inclusive para trabalhar os preconceitos de viés inconsciente.

Leia também: Os 7 desafios de diversidade para empresas

“Lidar com o diverso é mais difícil do que parece. Não são raros os relatos de colaboradores de empresas que, mesmo dispondo de políticas de diversidade, enfrentam dissabores de uma cultura de preconceito”, afirma Ricardo Voltolini, consultor em sustentabilidade, no Guia Diversidade Para Empresas & Boas Práticas.

E adotar a diversidade, além de uma questão ética, é muito favorável para a empresa: desde a melhora no ambiente de trabalho e no sentimento de pertencimento até um aumento da competitividade estratégica do negócio.

Em relação ao projeto, me sinto honrado em fazer parte, por ser um cidadão negro, vivo várias situações representadas em cena. E é um orgulho quando vem um empresa e se preocupa com o outro, mostra o errado sem apontar o dedo mas, que faz refletir e se por no lugar do outro. Em fim esse é um nicho que sempre queria atuar.

Diversidade em Pílulas

A Ideia Sustentável criou o Diversidade em Pílulas. O produto consiste em um conjunto de esquetes – ou pílulas teatrais – que são encenados nas empresas que solicitaram o serviço.

Saiba mais: A relação entre Diversidade e Sustentabilidade

A partir de um roteiro desenvolvido pela equipe técnica da empresa de acordo com o objetivo do cliente, os atores contratados interpretam situações cotidianas em que ocorrem preconceitos no ambiente de trabalho. Esses preconceitos podem estar relacionados a gênero, cor, etnia, orientação sexual, condição física e muitos outros tipos de discriminações que acontecem no dia a dia da empresa, mesmo que de forma inconsciente.

“Esse projeto nos faz lembrar que, apesar das diferenças, somos todos iguais, como seres humanos que somos”, reflete César Finhana, um dos atores do Diversidade em Pílulas. Já Tito Martins, outro dos atores, relata sua própria experiência: “Me sinto honrado em fazer parte do projeto. Por ser um cidadão negro, vivo, no dia a dia, várias situações representadas em cena. E quando uma empresa se preocupa com o outro e mostra os erros, sem apontar o dedo mas de modo a fazer refletir e a ter empatia, isso nos trás esperança de um mundo melhor”.

Com a linguagem teatral, esses temas são abordados de um jeito leve, bem-humorado e provocativo, com encenações curtas e divertidas. Ao final da apresentação, os participantes são convidados a debater sobre o tema.



Quem já contratou




Leve essa ideia para sua empresa: Contate-nos

Compartilhar:
Tags:

 

twitter

Parceiros